IPGS lança curso pioneiro em Vegetarianismo

A pós-graduação, além de capacitar os profissionais que desejam trabalhar na área, também visa desmitificar o tema, explorando os benefícios da adesão a este estilo de alimentação.

 

O IPGS, Instituto de Pesquisas, Ensino e Gestão em Saúde, referência nacional em qualificação profissional na área da saúde e da nutrição, iniciará, a partir de abril, um curso de pós-graduação totalmente focado em vegetarianismo. O curso, pioneiro a tratar dessa temática no Brasil, tem por objetivo desmistificar esse tema, cada vez mais em alta no Brasil e no mundo, abordando os conceitos mais atuais dentro dessa área. Serão explicados aos alunos os benefícios da adesão a este estilo de alimentação, com o respaldo oferecido pelo ensinamento de conhecimentos científicos relacionados à conduta nutricional do vegetariano. Ainda, os alunos também serão instruídos em relação a como elaborar um cardápio vegetariano equilibrado e nutritivo.

Aline Schneider, Diretora do iPGS, lembra que “é importante que os alunos saibam como prestar uma assessoria nutricional adequada para uma pessoa vegetariana.Quando bem planejado, este estilo alimentar pode atender todas as demandas nutricionais, metabólicas e de desenvolvimento em todos os ciclos da vida”. O curso dá a possiblidade ao profissional de desenvolver o plano alimentar completo dentro de uma dieta vegetariana, com total domínio sobre as necessidades nutricionais do paciente que opta por essa alimentação. Aline ainda informa que a pós-graduação já tem sua primeira turma presencial confirmada em Porto Alegre, sendo que também será posteriormente oferecida

Aline Schneider, Diretora do iPGS, lembra que “é importante que os alunos saibam como prestar uma assessoria nutricional adequada para uma pessoa vegetariana. Quando bem planejado, este estilo alimentar pode atender todas as demandas nutricionais, metabólicas e de desenvolvimento em todos os ciclos da vida”. O curso dá a possiblidade ao profissional de desenvolver o plano alimentar completo dentro de uma dieta vegetariana, com total domínio sobre as necessidades nutricionais do paciente que opta por essa alimentação. Aline ainda informa que a pós-graduação já tem sua primeira turma presencial confirmada em Porto Alegre, sendo que também será posteriormente oferecida a distância.